16.3.16

PROJECTOS | CASA EM EIRIZ


Formalmente a moradia divide-se claramente em dois volumes: uma base compacta revestida em granito (piso térreo), que corresponde ao volume já edificado, sobre a qual assenta a nova plataforma destinada aos quartos e garagem. A cobertura do volume do piso térreo dá lugar a um enorme terraço aberto à paisagem circundante, permitindo uma vista panorâmica sobre a envolvente a partir dos quartos.
Dada a topografia do terreno, com declive acentuado no eixo nascente-poente, procurou-se sobretudo, que a volumetria da edificação acompanhasse o seu perfil natural. Deste modo, o volume da garagem encontra-se ligeiramente elevado relativamente à plataforma dos quartos, minimizando o impacto de rampas de ligação da rua com a habitação com declive elevado.
Em contraposição à imagem estereotómica do volume construído, robusta e com aberturas pontuais, procurou-se que o piso superior da habitação assumisse um carácter tectónico, mais leve e aberto para a envolvente. A intercepção dos planos verticais em madeira com os planos horizontais da cobertura desmaterializa o volume superior da habitação, causando a ilusão de que estamos perante uma habitação térrea assente sobre um maciço de pedra.
A implantação do volume superior da habitação em ‘L’ define espaços exteriores com características diferenciadas no interior da parcela, uns mais abertos para o vale a poente, outros mais privados e intimistas voltados a nascente.



Formally the house clearly is divided into two volumes: a compact base coated in granite (ground floor), which corresponds to the volume already built, on which rests the new platform for the rooms and garage. The roof of the ground floor of the volume gives way to a huge open terrace, allowing a panoramic view of the surrounding space from the rooms.Given the topography of the terrain, with steep slope in the east-west axis, the goal was for all the volumes of the building follow its natural profile. Thus, the volume of the garage is located slightly elevated with respect to the room platform, minimizing the impact of the ramps connecting the street to the house level.
In contrast to the estereotomic image of the existing volume, robust and with occasional openings, the upper floor has a tectonic nature, lighter and open to the surroundings. The intersection of the vertical planes of wood with horizontal planes dematerializes the higher volume of the house, creating the illusion of a single floor house placed on a massive stone.
Placing the higher volume of the house, in 'L' shape, defines outdoor spaces with different characteristics within the plot, some more open to the west valley, others more
private and intimate facing east.



+INFO

Sem comentários: