21.7.11

LEITURAS | FERNANDO TÁVORA

(...) Para além da sua preparação especializada e porque ele é homem antes de arquitecto - que ele procure conhecer não apenas os problemas dos seus mais directos colaboradores, mas os do homem em geral. Que a par de um intenso e necessário especialismo ele coloque um profundo e indispensável humanismo. Que seja assim o arquitecto - homem entre os homens - organizador do espaço - criador de felicidade.

excerto de 'Da Organização do Espaço' (FAUP), Fernando Távora

Sem comentários: