18.2.11

EXPOSIÇÃO | PATRÍCIA FRANCO

Patrícia Franco expõe Escultura e Joalharia na Galeria ASVS. A exposição com o título 'Human Physiology' abre ao público Sexta-Feira, 4 de Março, pelas 19H00, e estará patente até ao dia 30 de Março. A abertura contará com a presença da artista. Extensão da exposição ao Restaurante Artemísia.



Criar esculturas orgânicas, tendo por base formas geométricas, é algo recorrente no meu trabalho, e que continuo a desenvolver nesta série. Inspirada na complexidade e riqueza de cores, texturas e funcionamento do sistema circulatório, respiratório e reprodutor feminino, desenvolvi esta série de objectos, suspensos, tendo por base formas esféricas, femininas e, talvez por isso mais familiares, que acompanham o próprio pulsar da execução da malha, em espiral (loop).
Estas peçam contrapõem metal e orgânico, delicadeza, transparência e desumanidade, oferecendo uma experiência emocional de algumas das infinitas paisagens evocativas dos órgãos do corpo.

Patrícia Franco


Nasceu em 1977, Porto, Portugal. Vive e trabalha no Porto. Com formação em Línguas e Literaturas Modernas, pela Faculdade de Letras da Universidade do Porto e experiência profissional em programação e produção cultural desde 1999 é, actualmente colaboradora da Galeria IMERGE (Porto), desenvolvendo o seu projecto artístico na área da escultura e joalharia contemporânea desde 2007. Expõe regularmente desde 2007, em exposições colectivas e individuais, destacando em 2008, o comissariado e participação enquanto autora em “Do design, Da técnica: 4 perspectivas da Joalharia Contemporânea”, Centro de Design de Óbidos; em 2010, foi seleccionada para o projecto “Destination Portugal” do Musem of Modern Art de Nova Iorque, e do MoMA Japão e ainda para uma exposição colectiva de artistas portugueses, PT a PROP na Galeria Aragon 232, Barcelona. Expôs ainda individualmente na Galeria IMERGE, “Calígena” (instalação) e realizou a exposição individual "BREASTFEEDING" na Casa do Professor em Braga. Ainda em 2010 foi seleccionada pelo Ministério da Cultura para o evento CULTURÁLIA, enquadrado na Programação Cultural da CIMEIRA DA NATO LISBOA 2010, Mosteiro dos Jerónimos.A autora utiliza, em todo o corpo do seu trabalho – escultura, joalharia ou instalação - técnicas do têxtil, resultando em malhas de tricot e crochet, peças bordadas ou tecidas.

17.2.11

EXPOSIÇÃO | VÍTOR ISRAEL

Vítor Israel expõe na Galeria ASVS. A exposição com o título 'Track’ abre ao público Sexta-Feira, 18 de Fevereiro, pelas 19H00, e estará patente até ao dia 30 de Março. A abertura contará com a presença do artista.




‘Track’ - Tradução de Inglês para Português - ‘Faixa’
Dicionário: (substantivo) caminho, trajectória, rastro, esteira, curso, trajecto, pegada, traço, vestígio, sequência, sinal, via ferroviária; (verbo) seguir, localizar, rebocar, sirgar.
A tradução directa da palavra ‘Track’ (Faixa), assim como os substantivos e verbos referidos, são, para o autor, palavras-chave que devem servir como pistas para a percepção daquilo que são as suas preocupações ao executar e pensar a pintura.

http://translate.google.pt/translate_t?hl=&ie=UTF-8&text=track&sl=en&tl=pt#


Vítor Israel nasceu no Porto, em 1983. Em 2008 frequentou a Akademia Sztuk Pięknych de Cracóvia, Polónia. Licenciou-se em Artes Plásticas pela Faculdade de Belas Artes da Universidade do Porto, onde actualmente frequenta o mestrado de Pintura.